A justiça no Reino de Deus

“Porque a Lei foi dada por Moisés; a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.” (João‬ ‭1:17)‬

Todo reino precisa de um sistema de justiça e no Reino de Deus não é diferente.

A questão é: – Qual tipo de justiça será utilizado pelo Rei Jesus?

Esse entendimento pode chacoalhar um pouco os paradigmas.

Tudo ficou mais claro pra mim por conta dos acontecimentos que temos visto ultimamente no Brasil, pois a luz fica muito mais evidente quando as trevas ficam mais densas.

Acusação, condenação, desejo por morte, declarações malignas, sede por vingança… Por um momento eu vi o próprio diabo se manifestando na minha timeline do facebook.

Eram as próprias pessoas se manifestando através de pensamentos malignos distantes da verdade de Cristo que estavam em seus corações.

“… Pois a boca fala do que está cheio o coração.” (Mateus‬ ‭12:34‬)

Neste momento veio no meu coração o seguinte versículo.

“Sejam misericordiosos, assim como o Pai de vocês é misericordioso. “Não julguem e vocês não serão julgados. Não condenem e não serão condenados. Perdoem e serão perdoados.” (Lucas‬ ‭6:36-37)

– Misericórdia?

– Não julgar?

– Não condenar?

– Perdão?

– Com relação aos políticos corruptos?

– Você está me dizendo que um Cristão não deve se manifestar diante do que estamos vendo no Brasil?

Aqui está ponto.

A questão é…

Manifestar de qual maneira?

Da maneira do homem ou da maneira de Deus?

Com base no reino desse mundo ou com base no Reino de Deus?

Com base na justiça dos homens ou com base na justiça do Deus?

Isso é incrível. Você sabia que existe duas formas de aplicar a justiça?

“Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus.” (Romanos‬ ‭10:3‬)

Existe a justiça da maneira que parece certo ao homem, a justiça deste mundo (condenação), e a justiça da maneira de Deus, a justiça de Cristo (graça).

Como vimos anteriormente em outro texto aqui no site, a Lei dos mandamentos foi dada a Moisés porque o próprio homem a pediu.

O próprio povo judeu quis a Lei porque teve medo de se relacionar pessoalmente com Deus e por causa do orgulho preferiu as regras ao invés de relacionamento.

A Lei dada a Moisés nunca foi a forma que Deus quis se relacionar conosco. Isso porque Ele é o nosso Pai, sempre foi.

Não fomos chamados para sermos escravos de um sistema que jamais irá nos proporcionar o estilo de vida que fomos criados para viver porque um relacionamento de Pai para filho jamais funcionará bem se os regulamentos estão ACIMA do relacionamento.

A vontade do Pai sempre foi de valorizar as pessoas por quem elas realmente SÃO para Ele acima de tudo.

Por isso Deus enviou Jesus, para nos livrar da justiça dos homens.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça (viva sob condenação), mas tenha a vida eterna (através da graça).” (João‬ ‭3:16)‬ ‭

Esse versículo não é só para quando a gente morrer, ele já está valendo para a nossa vida agora porque Jesus veio nos livrar da Lei!

Do legalismo condenatório!

“Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da Lei, a fim de REDIMIR os que estavam SOB A LEI, para que recebêssemos a ADOÇÃO DE FILHOS. E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho ao coração de vocês, e ele clama: “ABA, PAI”. Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro.” (Gálatas‬ ‭4:4-7‬)

Jesus veio trazer algo que é muito mais eficaz e que produz aquilo que verdadeiramente o Pai projetou o homem para viver.

Jesus veio trazer a…

 

Graça.

 

A graça é a plenitude do amor, a verdade sobre o amor.

“Porque Deus AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA que deu o seu Filho (graça)…”‭‭ (João‬ ‭3:16‬)

“Porque o FIM da Lei é Cristo, para a justificação de todo o que crê (no amor do Pai/na graça).” (Romanos‬ ‭10:4‬)

O verdadeiro amor é regido por princípios e está acima das regras.

O amor do homem é condicional. O amor do homem exige merecimento. O amor do homem é baseado em lei e exige que ela seja cumprida através da punição.

O amor de Deus não. O amor de Deus está ACIMA DA LEI.

O amor de Deus exerce misericórdia. O amor de Deus não julga. O amor de Deus não condena. O amor de Deus perdoa porque Ele é o nosso Pai.

“SEJAM misericordiosos, ASSIM COMO o PAI de VOCÊS é misericordioso. “Não julguem e vocês não serão julgados. Não condenem e não serão condenados. Perdoem e serão perdoados.” (Lucas‬ ‭6:36-37)

O amor de Deus concede favor, porque o amor de Deus é a GRAÇA.

A graça é a forma de Deus de aplicar a justiça, portanto a graça é a JUSTIÇA DE DEUS!

Essa é a VERDADE sobre quem Deus é, a verdade sobre o amor, porque “… Deus é amor.” (1 João‬ ‭4:8)‬.

Essa é a verdade sobre a forma que Deus quer se relacionar conosco como também a forma que Ele quer que a GENTE se relacione com o próximo.

Foi isso que JESUS veio nos revelar. Que somos filhos amados e aceitos. Que Deus sempre quis ser o nosso Pai porque foi para isso que fomos criados. Filhos que manifestam a Sua imagem (Seu amor) diante da criação.

“Porque a Lei foi dada por Moisés (justiça desejada pelos homens); a graça (justiça de Deus) e a verdade (sobre o Pai/o amor dEle) vieram por Jesus Cristo.” (João‬ ‭1:17)‬

O relacionamento que temos com Deus é um relacionamento com base na  que temos em Cristo de que Deus é o nosso Pai e que Ele nos ama!

Um relacionamento que não exige condição de merecimento, pois ninguém é filho porque merece ser filho. Todos somos filhos pela própria vontade do próprio Pai.

“É evidente que diante de Deus ninguém é justificado pela Lei, pois “o justo viverá pela fé (na verdade de que somos filhos amados e aceitos).” (Gálatas‬ ‭3:11‬)

Isso porque o Reino de Deus será estabelecido sob o conceito de família, onde o amor está ACIMA de todas as regras, pois quando o amor é o nosso PRINCIPAL OBJETIVO ele naturalmente passa a ser incondicional e livre de interesses.

Esse é amor como Cristo nos amou. Essa é a forma de aplicar a justiça no Reino de Deus.

É isso que devemos buscar em primeiro lugar porque é isso que aprendemos com o Rei do Reino e é nisso que está a verdadeira VIDA ABUNDANTE.

“Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.” (Mateus 6:33)

“Mas agora se manifestou uma JUSTIÇA que PROVÉM de Deus, INDEPENDENTE da Lei, da qual testemunham a Lei e os Profetas, justiça de Deus MEDIANTE a FÉ em Jesus Cristo para TODOS os que crêem. NÃO HÁ DISTINÇÃO,” (Romanos‬ ‭3:21-22‬)

Justiça mediante a fé NO AMOR DO PAI onde eu posso crer que Ele tem misericórdia de mim e que por Sua graça já me perdoou e por Sua graça Ele já me aceita porque Ele tem prazer em me AJUDAR a me tornar cada vez mais parecido com o amor dEle ao invés de me abandonar (condenar).

“Portanto, sejam imitadores de Deus, como filhos amados…” (Efésios‬ ‭5:1-2‬)

“Porque a GRAÇA de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. ELA NOS ENSINA a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa NESTA ERA PRESENTE,” (Tito‬ ‭2:11-12‬)

– Mas e o juízo de Deus?

Existem uma diferença entre justiça e juízo. A justiça de Deus é o amor de Deus diante da humildade dos homens que O desejam porque é assim que o Pai se manifesta diante dos problemas do homem, já o juízo é a própria conseqüência do orgulho humano em querer viver do seu próprio jeito. O juízo de Deus não é aplicado pelo próprio Deus, o juízo é CRIADO pelo próprio homem.

“…maldita é a terra por sua causa…” (Gênesis 3:17)

“Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém.
Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas…” (Romanos 1:25-26)

Veja isso agora…

Todas as leis de TODAS AS NAÇÕES são um subproduto da Lei dos mandamentos dada por Deus através de Moisés. É a justiça de acordo com a vontade dos homens estabelecida em toda a terra.

Eu creio que esse é o principal motivo que Deus precisou escolher um povo, o povo de Israel. Para poder mostrar A TODOS OS POVOS DA TERRA como funciona o Seu amor diante da lei de todas as nações.

Veja como é a graça em ação, a resposta de Jesus diante da lei.

“Na Lei, Moisés nos ordena apedrejar tais mulheres. E o SENHOR, QUE DIZ?” (João‬ ‭8:5‬)

“Visto que continuavam a interrogá-lo, Ele se levantou e lhes disse: “Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela”.” (João‬ ‭8:7‬)

“Então Jesus pôs-se em pé e perguntou-lhe: “Mulher, onde estão eles? Ninguém a condenou?” “Ninguém, Senhor”, disse ela. Declarou Jesus: “EU TAMBÉM NÃO A CONDENO. Agora vá e abandone sua vida de pecado”.” (João‬ ‭8:10-11‬)

É nessa parte que muita gente confunde.

As pessoas querem dizer às outras para pararem de pecar, mas se recusam a NÃO CONDENA-LAS ANTES!

Querem aplicar a punição antes para então dizer vá e não peques mais.

A questão é que isso JAMAIS RESOLVERÁ COISA ALGUMA!

O problema da maldade no homem não é a impunidade (condenação), o problema da maldade é a falta de experiências das pessoas em receber o verdadeiro amor como Cristo NOS AMOU (graça) que ao invés de condenar ajuda as pessoas a serem libertas do erro.

“Deus TORNOU PECADO POR NÓS aquele que não tinha pecado, para que nEle nos TORNÁSSEMOS JUSTIÇA DE DEUS.” (2 Coríntios‬ ‭5:21)

SER justiça de Deus significa que no momento em que Jesus assumiu os NOSSOS PECADOS e nós cremos nisso, Ele nos capacita a fazer morrer em nós os pecados que o próximo comete contra nós (misericórdia, perdão) e amá-los acima dos seus erros como verdadeiros cristãos (filhos) capacitados pela graça do Pai.

Nenhuma pessoa conseguirá amar (deixar a sua vida de pecado) se ela não for amada PRIMEIRO.

“Nós amamos porque Ele nos amou primeiro.” (1 João‬ ‭4:19‬)

Esse é o amor de Cristo, essa é a maneira de aplicar a justiça no Reino de Deus.

A lei sempre irá existir porque sempre irá existir o livre arbítrio, no entanto o nosso amor sempre precisa estar ACIMA dos erros das pessoas, por isso Jesus resumiu todos os mandamentos no amor porque é assim que funciona no Reino de Deus.

JESUS É O MODELO e Ele nos deu essa grande comissão e Ele nos concede graça para cumpri-la.

“… COMO EU os amei, VOCÊS DEVEM amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus DISCÍPULOS…” (João‬ ‭13:34-35‬)

“Portanto, vão e façam DISCÍPULOS de TODAS AS NAÇÕES… ” (Mateus‬ ‭28:19‬)

Aleluiaaaaa!!

Se queremos mudar o Brasil e o mundo, precisamos combater o verdadeiro combate, o combate da fé em nossa VERDADEIRA IDENTIDADE de filhos em Cristo, pois a verdadeira mudança em nosso país e no mundo só irá acontecer quando for estabelecida uma NOVA CULTURA, a cultura do Reino de Deus, onde O AMOR está ACIMA DA LEI (acima dos erros das pessoas) onde todos somos irmãos em Cristo e todos possuímos um só Pai, um só amor, um só Espírito, uma só justiça.

É ASSIM que o nosso Pai SE MANIFESTA!!

“Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. Foi assim que Deus MANIFESTOU o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo (graça), para que pudéssemos viver POR MEIO dEle (por meio do Seu amor, como Ele, como filhos).” (1 João‬ ‭4:8-9‬)

A nossa manifestação como cristão é MANIFESTAR o AMOR DO PAI (graça) como filhos que representam o Filho Primogênito (Jesus, a verdadeira imagem do Pai) para que todos saibam o caminho para a verdadeira vida que todos estão procurando aí fora que é o caminho do amor.

Por isso, ao invés de condenar, devemos representar o Salvador aos corruptos coletores de impostos, às prostitutas… como Jesus fez, para que o coração deles sejam transformados.

Jesus JAMAIS tentou ganhar poder político!

Jesus sempre buscou LIBERTAR os cativos de uma falsa identidade, pois é isso que a justiça de Deus PRODUZ!

Isso é pregar o evangelho do Reino!

O evangelho que leva Jesus para o centro dos corações das pessoas, pois somente corações transformados podem transformar as nações em todo o mundo!

O avivamento duradouro flui através de uma cultura, a CULTURA DO AMOR como estilo de vida (incondicional, livre de interesses e cheio de poder), e o Reino de Deus somente será estabelecido nesta terra quando ESSA JUSTIÇA (esse amor gerado pelo Espírito Santo) estiver presente porque não existe governo sem justiça.

“… porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” (Romanos 5:5)

Somente a justiça de Deus pode mudar o mundo porque SÓ O AMOR TRANSFORMA!

O amor revelado em Cristo Jesus.

O nosso Rei.

Glória a Jesus!!!

 

 

Como confirmação, logo após escrever este texto o Pai me conduziu a esta pregação. Essa palavra pode TRANSFORMAR COMPLETAMENTE a SUA VIDA da mesma forma que tem transformado a minha!!  (*somente áudio e legenda)


Fique com Jesus!

 

Não deixe de abençoar a vida dos seus amigos e familiares, clique no ícone da rede social de sua preferência logo acima e compartilhe!  :)

Deixe também o seu comentário logo abaixo…

Comentários