A alegria de ser filho de Deus

“Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo;” (Romanos‬ ‭14:17‬)

Esse texto é a continuação do texto anterior, se você ainda não leu, clique aqui para ler, são princípios poderosos de Deus que vão mudar a sua vida.

No texto anterior falamos sobre como conseguimos nos livrar das ofensas e o quanto isso é libertador em todos os sentidos.

De fato é um exercício prático de mudança na forma de pensar que precisa ser feito todos os dias sem qualquer intervenção de culpa ou de vergonha.

Jamais devemos esquecer que somos filhos amados e aceitos e estamos todos aprendendo a ser como o Pai. Esse é o maior prazer dEle.

Um caminho de transição do orgulho de querer ser alguém que o mundo está nos vendendo para nos tornarmos quem realmente fomos criados para ser, a imagem do Pai, que não depende de nenhum estereótipo, mas somente de estar com o coração cheio da Verdade de Cristo.

Se o nosso coração está bem resolvido, todo o restante também estará. Nós naturalmente amaremos como Jesus nos amou e usufruiremos da nossa herança, pois tudo estará ao nosso alcance pela direção do Espírito Santo.

Isso é demais!

Outro dia um amigo meu me perguntou: – O que você sente quando conquista algo muito bom, você não se sente orgulhoso?

Eu respondi, toda vez que nós sentimos orgulho de algo é sinal de que estamos fazendo daquilo a nossa identidade, quando queremos construir o nosso próprio valor com base nas coisas externas.

Ele me perguntou: – O que você faz então?

Eu disse: – Os filhos não se orgulham, os filhos se alegram.

Um pouco intrigado ele me perguntou: – Mas você não deseja ser grande? Ser reconhecido?

Eu respondi: – Eu já sou grande. Sou filho do Deus que criou todo o universo e vivo a partir disso, me alegrando em tudo o que faço com o coração livre de qualquer obrigação de tentar provar algo para alguém ou para mim mesmo porque Jesus é a prova de que eu já fui reconhecido pelo Pai.

A verdade liberta e a liberdade nos alegra!

Essa é a realidade daqueles que permanecem nas palavras de Jesus, a Verdade!

“Tenho dito estas palavras para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa.” (João‬ ‭15:11‬)

Quando somos livres de nós mesmos, somos livres para amar como Jesus amou e quando amamos a nossa alegria se completa. É o que Jesus estava dizendo neste momento. Veja o versículo seguinte.

“O meu mandamento é este: Amem-se uns aos outros como eu os amei.” (João‬ ‭15:12‬)

Pessoas libertas, libertam pessoas!

Esse é o poder do amor incondicional!

Faça isso no lugar onde Deus te colocou!

\o/

Esse não é um estilo de vida somente para os líderes, esse é o chamado para TODA a Igreja, esse é o grande propósito dos filhos.

É isso que nos faz ter vida abundante e é isso que transforma o mundo.

O processo de santificação não é uma questão focada em parar de pecar, parar de pecar é a consequência da santificação.

Santidade é estar cheio do Espírito de Deus, cheio da identidade de Cristo, cheio do Espírito da Verdade, cheio do Espírito do amor, ou seja, cheio do Espírito SANTO.

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos (cheios do Espírito); sem santidade ninguém verá o Senhor (que é o Espírito).” (Hebreus‬ ‭12:14‬)

É isso que muda os nossos objetivos e motivações e nos faz amar como Jesus para que o mundo veja em nós a BELEZA da santidade do Pai.

A nossa identidade é o nosso sistema de valores. É ela quem determina a forma como seremos guiados na vida, isto é, sob qual espírito nós viveremos em função que por final determina o que iremos buscar em primeiro lugar.

Nenhum cristão precisa se auto afirmar para ser alguém, ele já é filho, por isso ele é LIVRE. E por ser livre ele flui naturalmente e incondicionalmente em justiça, paz e alegria.

“Pois o Reino de Deus … é … justiça, paz e alegria no Espírito Santo;” (Romanos‬ ‭14:17‬)

“Ora, o Senhor é o Espírito e onde está o Espírito do Senhor ali há liberdade.” (2 Coríntios‬ ‭3:17‬)

As pessoas que não crêem em Jesus também se alegram, mas a questão é que a raiz da alegria deles é outra, uma raiz abalável. Depende de algo acontecendo e muita das vezes só ficam alegres depois de tomar algo.

A pessoa que não crê em Jesus não pode ser livre porque ela não tem o Espírito que nos diz quem realmente somos!

“E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho ao coração de vocês, e ele clama: “Aba, Pai”. Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro.” (Gálatas‬ ‭4:6-7‬)

Amado(a) se você crê em Cristo você já é filho, ALEGRE-SE!

Seja livre para se alegrar a qualquer momento!

Creia e seja bem resolvido consigo mesmo!

Não somos mais escravos da vaidade!

Salomão disse:

“Atentei para todas as obras que se fazem debaixo do sol, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito.” (Eclesiastes 1:14)

A vaidade é a maneira do homem de mostrar ao mundo o seu valor, a sua identidade. A manifestação exterior do seu orgulho.

Não precisamos mais disso!

Somos realeza!

Filhos amados do Todo-Poderoso, o Rei do Universo!

Viva a sua vida em estado de viva satisfação, de vivo contentamento, regozijo, júbilo, prazer, pois é isso que significa ALEGRIA!

A vida abundante dos santos é uma junção INSEPARÁVEL de diversão e propósito, portanto, siga o seu chamado em amor pelas pessoas e seja ALEGRE!

Somos livreeeeees!

\o/


Fique com Jesus!

 

Não deixe de abençoar a vida dos seus amigos e familiares, clique no ícone da rede social de sua preferência logo acima e compartilhe!  :)

Deixe também o seu comentário…

Comentários