Aprofundando no entendimento da graça

“Pois a Lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por intermédio de Jesus Cristo.” (João‬ ‭1:17‬)

Graça.

Esse foi o assunto que me levou a começar esse site. Creio que todas as pessoas que começam a receber a revelação da graça ficam chocadas em ver como Deus é incrível.

Nós recebemos um alívio interior tão grande, um descanso tão agradável, que parece que saiu um caminhão das nossas costas.

Não existe nada parecido em qualquer religião porque a graça é na verdade onde termina a religião. É quando deixamos de ser escravos e servos por obrigação para sermos filhos por condição.

Neste texto gostaria de compartilhar algumas coisas que tenho aprendido sobre graça. Uma visão um pouco mais madura sobre o verdadeiro propósito dela e os seus benefícios.

Todos nós sabemos que graça é favor imerecido, não é verdade?

No entanto, creio que muitas das vezes o termo “favor imerecido” não fica tão claro pra gente.

O que seria de fato “favor imerecido”?

Que tipo de favor e para quê ele serve?

Conforme tenho crescido no significado do termo “negue-se a si mesmo” muita coisa tem mudado dentro de mim. Motivações e desejos enganosos sendo expostos e colocados para fora.

A questão é que se nós ainda estivermos mal resolvidos com o nosso orgulho, nós iremos usar a graça a favor dele.

A graça será o canal perfeito para contribuir na criação da nossa própria imagem, a nossa própria identidade, o nosso próprio valor.

Auto promoção pela graça.

Nós vamos usar a graça com o objetivo de resolver as coisas “externas” ao invés de utilizá-la para resolver as coisas “internas” e é aqui que está o ponto.

Eu creio que a graça nos foi concedida com o intuito de resolver o nosso coração porque foi para isso que Jesus trouxe a verdade, para resolver um problema INTERNO que é a raiz de todos os problemas externos.

O evangelho é a boa notícia de que hoje nós temos a graça que é o ambiente perfeito, o acesso, para APRENDERMOS a viver conforme a Verdade que são os princípios e valores do Reino de Deus.

É uma forma de tratamento que revela quem nós somos porque a maneira como nós somos tratados revela quem nós somos para essa pessoa.

Um tipo de relacionamento.

“Jesus ia crescendo em sabedoria, estatura e graça diante de Deus e dos homens.” (Lucas‬ ‭2:52‬)

Isto é, Jesus crescia em RELACIONAMENTO diante de Deus e diante dos homens.

Relacionamento entre Pai e filho e relacionamento entre irmãos.

Relacionamento de família.

Na antiga aliança a forma de tratamento era a Lei, na nova aliança a forma de tratamento é a graça.

Hoje vivemos sob uma nova aliança firmada pelo amor incondicional que encontramos nas famílias. Um amor perfeito que elimina o medo do castigo como também a vergonha.

Foi por isso que Jesus precisou morrer na cruz, foi ali que Ele com o Seu sangue eliminou o medo do castigo e removeu a vergonha apresentando o Seu sangue ao Pai, para que hoje nós tivéssemos essa atmosfera indescritível de graça primeiro diante de Deus e depois diante dos homens.

Um ambiente que nos permite sermos confrontados livremente pela verdade e crescermos conforme a imagem do Pai como filhos amados porque mesmo que a gente falhe nós ainda continuaremos sendo filhos.

Por isso somos salvos pela graça!

“Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Ela nos ensina a renunciar à impiedade e às paixões mundanas e a viver de maneira sensata, justa e piedosa nesta era presente,” (Tito‬ ‭2:11-12‬)

“Ela nos ensina”, ou seja, ela nos dá condição de sermos cheios do Espírito Santo para que a gente consiga renunciar à impiedade e às paixões mundanas, etc…

A graça em si não é a capacitação, a graça é o acesso para a verdadeira capacitação que é sermos cheios do Espírito Santo, cheios da Verdade.

Creio que o favor de Deus não é Ele dar, mas sim disponibilizar gratuitamente. Isso porque Deus é amor e não dá nada para quem não quer.

Precisamos escolher e buscar. Buscar através de rendição (humildade), não através de qualificação (orgulho).

A fé é um movimento de rendição.

Nós somos salvos por causa do relacionamento que temos com o Pai através da fé na cruz que permite que o nosso coração seja livremente tratado e a gente cresça em amor para fluir na prática de boas obras.

“Pois vocês são salvos pela graça (livre acesso ao Pai), por meio da fé (rendição e busca), e isto não vem de vocês, é dom de Deus (Espírito Santo que Ele nos dá); não por obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios‬ ‭2:8-9‬)

Nós não somos salvos porque praticamos boas obras, nós somos salvos para praticar boas obras.

É o poder da Verdade em nós!

Salvação é justamente sermos livres da escravidão do pecado e isso é uma consequência do nosso relacionamento com o nosso Pai em graça no qual Ele nos empodera com o Seu Espírito. Essa é a nossa herança!

É Jesus nos devolvendo a imagem com a qual fomos criados. Poder e autoridade.

Veja o versículo seguinte…

“Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus para fazermos boas obras, as quais Deus preparou antes para nós as praticarmos.” (Efésios‬ ‭2:10‬)

Foi disso que Jesus veio nos libertar e salvar, da CONDENAÇÃO de uma vida aprisionada pelo PECADO, porque é exatamente o pecado que gera morte em nós.

“Portanto, agora já não há condenação para os que estão em Cristo Jesus, porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida (graça e verdade) ME LIBERTOU da lei do pecado e da morte.” (Romanos‬ ‭8:1-2‬)

“Pois o pecado não os dominará, porque vocês não estão debaixo da Lei, mas debaixo da graça.” (‭‭Romanos‬ ‭6:14‬)

Essa liberdade é para ser vivida a partir de agora!

“Pois o salário do pecado é a morte (no interior que produz morte no exterior), mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus (graça e a verdade/Espírito Santo), nosso Senhor.” (Romanos‬ ‭6:23‬)

Todos nós estávamos condenados à morte através do pecado por toda a eternidade, mas Jesus veio nos dar vida abundante através do Espírito de vida, o Espírito da Verdade, que nos conduz ao amor incondicional.

“Sabemos que já passamos da morte para a vida porque amamos nossos irmãos. Quem não ama permanece na morte.” (1 João‬ ‭3:14‬)

Veja…

Deus sempre desejou nos tratar com graça. O problema sempre foi o homem enxerga-Lo dessa maneira. Noé e Davi por exemplo foram um dos poucos que conseguiram no Velho Testamento.

Por isso foi necessário que Deus enviasse o Seu próprio Filho. Para derramar o Seu próprio sangue o entregar o Seu próprio corpo para escancarar ao mundo essa maravilhosa graça.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo não para que condenasse o mundo (perpetuando o pecado), mas para que o mundo fosse SALVO por Ele (libertando através da verdade).” (João‬ ‭3:16-17‬)

E mesmo assim, infelizmente, muitos ainda não conseguem enxergar essa graça porque ainda estão cheios de orgulho.

O orgulhoso jamais conseguirá nos permitir usufruir da graça para sejamos transformados porque o orgulhoso não é ensinável, ele sempre vai querer ser tratado conforme os seus próprios méritos, fazer as coisas com base na sua própria sabedoria e criar a sua própria glória (imagem), mas não é assim que funciona na família.

“… Por isso diz a Escritura: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas concede graça aos humildes”.” (Tiago‬ ‭4:6‬)

Na família é o Pai que provê, é a imagem dEle que estamos buscando, é a sabedoria dEle que queremos aprender.

Só quem se faz humilde consegue viver a graça e aprender aquilo que vem do Pai. Só quem deseja ser um filho consegue se tornar quem o Pai é e aprender a usufruir da Sua herança com o coração correto …

… foi para isso que Ele nos deu a graça.

“Mas ele me disse: “Minha graça é suficiente a você, pois o meu poder (Espírito da verdade) se aperfeiçoa (aumenta) na fraqueza (humildade)…” (2 Coríntios‬ ‭12:9‬)

Pai!

Nós dependemos de ti!

Queremos ser apenas filhos amados e nada além disso.

Guia-nos em toda a verdade para que sejamos bem sucedidos em todas as coisas.

Amém!


Fique com Jesus.

 

Não deixe de abençoar a vida dos seus amigos e familiares, clique no ícone da rede social de sua preferência logo acima e compartilhe!  :)

Deixe também o seu comentário…

Comentários